INUNDAÇÕES NA FRANÇA: 13 mortos em chuvas ao sul da França

INUNDAÇÕES NA FRANÇA: 13 mortos em chuvas ao sul da França

As inundações repentinas atingiram o sul da França matando pelo menos 13 pessoas. Chuvas torrenciais atingiram a região sudoeste de Aude, com chuvas de vários meses caindo em apenas algumas horas.

Seis a sete polegadas (160-180mm) de chuva caíram em apenas cinco horas durante a noite. 

Os rios subiram mais de seis metros, com pessoas “encalhadas nos telhados” enquanto aguardam pelos serviços de emergência.

O prefeito de Aude, Alain Thirion, disse: "Temos pessoas encalhadas nos telhados. Teremos que usar aviões para evacuá-los, porque não podemos alcançá-los de barco, dada a força da água. É muito perigoso".

Seis helicópteros foram enviados para a cidade, mas as condições horrendas tornaram a missão de resgate mais difícil.

INUNDAÇÕES NA FRANÇA: 13 mortos em chuvas ao sul da França

Cerca de 250 bombeiros e 100 policiais participaram do esforço.

As inundações repentinas atingiram sem aviso, a força da tempestade derrubou árvores, postes de eletricidade e varreu carros.

As aldeias de Conques-sur-Orbiel e Villardonnel estavam entre as áreas mais afetadas, com as águas subindo tão alto quanto as janelas do primeiro andar de algumas casas.

Meteorologistas alertam que a chuva continuará durante a manhã e que os níveis de água deverão aumentar ainda mais.

INUNDAÇÕES NA FRANÇA: 13 mortos em chuvas ao sul da França

Escolas na área foram fechadas e os moradores foram orientados a ficar em casa.

Tempestades torrenciais de chuva não são incomuns na França nessa época do ano.

Meteorologistas disseram que a água do mar excepcionalmente quente ao longo da costa do Mediterrâneo pode estar intensificando as chuvas.

O ano até agora é o mais quente da França desde 1900, de acordo com o serviço meteorológico do estado.

Artigos Relacionados
COMENTÁRIOS

Olá, deixe seu comentário para Fenómeno meteorológico confundido com neve em Mirandela Portugal

Enviando Comentário Fechar :/