Sismólogos já registraram 3.000 terremotos na Califórnia desde 4 de julho

Sismólogos já registraram 3.000 terremotos na Califórnia desde 4 de julho

Sismologistas na Califórnia registraram mais de 3.000 terremotos desde o 4 de julho, quando um tremor de magnitude 6.4 atingiu a parte sul do estado. As autoridades agora acreditam que o choque inicial foi um foreshock.

Desde a manhã de quinta-feira, houve 340 terremotos com intensidade superior a 3, 54 com magnitude superior a 4, seis com magnitude superior a 5 e um terremoto de magnitude 7,1 na sexta-feira, disse o sismólogo Egt Hauksson, do Caltech, a repórteres no sábado.

A sismóloga Lucy Jones twittou no sábado à noite que "terremotos maiores parecem mais improváveis", mas que os terremotos de magnitude 4 são "certos" na próxima semana, e alguns de magnitude 5s são "prováveis".

"A sequência está decaindo e a taxa de decaimento está no lado alto da média", disse ela. "Então as probabilidades de mais tremores estão caindo."

Os sismólogos também disseram que esperam registrar mais de 30.000 terremotos em magnitude 1 ou superior.

Os tremores se concentraram no Vale Searles, na Califórnia, perto da cidade de Ridgecrest, que sofreu o maior dano.

Não houve mortes e apenas ferimentos leves, mas as autoridades registraram uma série de incêndios e construções que sofreram grandes danos estruturais.

Sismólogos já registraram 3.000 terremotos na Califórnia desde 4 de julho

Fotos dos últimos dias revelaram uma série de fissuras profundas em todo o Deserto de Mojave, bem como rachaduras em estradas e casas desequilibradas.

Este artigo foi originalmente publicado pela Business Insider 

Artigos Relacionados
COMENTÁRIOS

Olá, deixe seu comentário para Seis mortos em um terremoto de magnitude 5,9 atingem as ilhas Batan

Enviando Comentário Fechar :/