Soros: EUA e CHINA estão em

Soros: EUA e CHINA estão em 'guerra fria que em breve poderá se tornar quente'

O famoso bilionário norte-americano de origem húngara, George Soros, alertou na quinta-feira (24) que os EUA e a China, as duas maiores economias no mundo, se encontram em "uma guerra fria que em breve poderá se tornar quente".

Durante uma das reuniões no âmbito do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, Soros declarou que os EUA e a China estão em uma "guerra fria que em breve poderá se tornar quente" e que os EUA devem adotar uma linha mais dura em relação a Pequim.

Soros, um dos principais contribuintes do Partido Democrata dos EUA, criticou a posição da Administração Trump em relação à China e argumentou que, em vez de "travar uma guerra comercial contra praticamente todo o mundo", Washington "deveria se concentrar na China".

Em particular, o bilionário apelou aos EUA para tomarem medidas duras contra os gigantes tecnológicos chineses, como a Huawei e a ZTE. 

Ele também declarou que a decisão do presidente estadunidense Donald Trump de classificar a China como um "concorrente estratégico" foi "muito simplista".

"Uma política eficaz em relação à China não pode ser reduzida a um slogan", afirmou o investidor, acrescentando que a política "deve ser muito mais sofisticada, detalhada e prática e deve incluir uma resposta econômica estadunidense ao Cinturão e Rota da Seda".

Segundo Soros, Trump "parece estar seguindo um caminho diferente: fazendo concessões à China e declarando vitória enquanto renova seus ataques contra os aliados dos EUA".

Soros: EUA e CHINA estão em

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chunying, pronunciou-se contra a publicação da nova Estratégia Nacional de Inteligência norte-americana, na qual a China e a Rússia são referidas como países "adversários" dos EUA.


"Tomámos nota da redação que os [Estados Unidos] mencionaram na versão atualizada da Estratégia Nacional de Inteligência dos EUA, que acaba de ser publicada nos Estados Unidos. Os Estados Unidos emitiram uma série de relatórios, que apresentam acusações infundadas contra a Rússia e a China ", disse Hua Chunying, porta-voz do ministério em um comunicado.

Chunying solicitou que os EUA façam mais esforços para fortalecer a confiança mútua entre os dois países e que mantenham a paz e a estabilidade internacional, além de pedir que Washington abandone a mentalidade da Guerra Fria.

 A Estratégia Nacional de Inteligência americana atualizada foi publicada no dia 22 de janeiro, afirmando que os "múltiplos adversários" continuaram a procurar oportunidades para causar danos potencialmente catastróficos aos interesses dos EUA através da aquisição e uso de armas de destruição em massa, incluindo armas biológicas, químicas e nucleares.

Artigos Relacionados
COMENTÁRIOS

Olá, deixe seu comentário para O Templo Solar Abu Gurab era um STARGATE ou Star Gate de seres extraterrestres chamado 'Neters'

Enviando Comentário Fechar :/